quarta-feira, 25 de maio de 2011

Quando existe amor [...]

Pode ser tudo: louca, maluca, feia, idiota... Mas a pessoa é capaz de amar até todos os seus defeitos.


2 comentários: