sexta-feira, 1 de julho de 2011

Eu estou equalizando você!


 Foi rápido. Peguei sua mão e te puxei para a pista de dança. Você não estava entendendo nada e eu apenas sorri e dancei. Foi sorriu ao me ver feliz. Foi ai que eu "fugi" de você e você ficou a minha procura. Subi ao palco e fiz meu show! Eu estava apenas tentando equalizar você. Eu cantava e você sorria pra mim, dançou depois que o show era meu. E eu cantava: Eu vou equalizar você! Quem disse que eu não posso fazer o meu show? Você começou a curtir. Eu estava equalizando você, te deixando no ritmo. Eu cantava: Eu vou equalizar você e tudo vai virar uma festa com DJ. Aumenta o som que o show é meu. Dance! Agite! Grite meu nome! Cante! Sonho! e Equalize-se! Você deve estar no ritmo. O DJ aumenta o som e eu continuo a cantar: Eu vou equalizar você. Estava tudo girando devagar, parecia em câmera lenta. Mas eu continuava a cantar: Eu vou equalizar você. Eu podia ser distraída e cair, mas não era bem isso. Você olhava pra mim e passava a desejar aquela garota animada e que gosta de você bem do jeito que você é. Eu só estou equalizando você, te deixando no ritmo. Estou gravando esse CD para te gravar em mim. É, essa é pra você! O DJ aumenta o som e eu continuo a cantar: Eu vou equalizar você e tudo vai virar uma festa com DJ. Talvez seja um filme, talvez seja um música. Seja o que for, eu estou equalizando você. Você não pode sair daqui agora, eu te prendi nesse lugar. Agora eu estou equalizando você, te deixando no ritmo.

4 comentários: